À partida para a quarta jornada, a tabela classificativa começa já a desenhar quem serão as quatro equipas que irão participar na Lisbon Game Week, e quer para os Defining Stars, quer para os EYESHIELD, os pontos começam a valer ouro sendo que ambas equipas detinham um ponto. Seria de esperar o melhor jogo possível de ambas as equipas e era uma luta de “aflitos” que nos prometia espectáculo.
Os mapas escolhidos para a nossa noite em frente do monitor seriam Inferno e Nuke. De salientar que Nuke foi escolha dos EYESHIELD, mapa a que não estamos habituados a assistir. Mesmo com algumas alterações no seu line-up, esta pick mostra confiança e vontade de ultrapassar esta fase menos boa.
O primeiro mapa seria o Inferno com a equipa dos EYESHIELD a jogarem a CT, e a ganharem a pistol round mas perdem a segunda ronda perante um force, com a equipa dos Defs a executarem ‘apartments’ com ‘cunha’ a brilhar com grandes balas, já dentro do Bombsite A, quer antes do plant, quer numa situação de pós-plant, conseguindo uma quadra. Posso afirmar desde já que este jogador dos Defining Stars tem demonstrado de forma constante a sua qualidade e é, nos dias que correm, um belo jogador dentro da scene nacional, sempre calmo e preciso. Perder o anti-force no Inferno é complicado, mas ‘paradyze’ a ser importante a jogar como segundo contacto e a conseguir segurar o jogo “pelos colarinhos” saltando o marcador para 3-3. Alguns problemas na entrada no B da equipa dos Defs na ronda a seguir, mas Bloodz com uma quadra a carregar a ronda. Destas primeiras rondas daria para ver que estávamos perante duas equipas a jogar taco a taco, com grandes individualidades, na primeira parte. EYSHIELD mostraram ser difíceis de quebrar mas não mostraram setups tão bons, perdendo rondas em que se encontrariam com vantagem (semi buy e anti-force). No final da primeira parte, os Defs levam uma vantagem de 8-7. Porém, a segunda parte iria demonstrar um jogo completamente diferente… Com boa agressividade e a privilegiar o plant na pistol round, a equipa terrorista dos EYESHIELD, com ‘mathisen’ a brilhar, mas mais uma vez ‘cunha’, num 2 vs 2, a dar retake só com headshots em ambos os jogadores dos EYESHIELD, e a defusar a bomba.
A partir deste momento notou-se uma superioridade muito grande por parte das calls dos Defs, assim como a boa utility sempre a ajudá-los a ganhar rondas de superioridade. A primeira ronda para os EYESHIELD, a jogar como terroristas, surge já algo tarde, transformando um 13-7 para um 13-8, com uma boa jogada por parte de ‘paradyze’, a jogar em torno da info e com agressividade. Na ronda a seguir, os EYESHIELD jogam bem na entry, mas a equipa foi sendo picada pelos Defs, jogando num retake 5 vs 2 e mais uma ronda acabaria por saltar para o lado dos Defs… O jogo acabaria por terminar com um 16-7.
Com o segundo mapa em mente, os EYESHIELD começam com um execute que realmente confirmava as horas de prática por parte destes neste mapa, porém o homem que transportava a bomba a perder-se na smoke a caminho das ‘vents’ e a deixa-la para os CT depois de ‘fyx’ levar uma boa bala de ‘cunha’. As rondas foram acumulando para o lado das “estrelas” com jogadas inteligentes, boas rotações, e a aproveitar também a falta de paciência por parte dos EYESHILD em comprar buys capazes de ganhar rondas e, por isso, a optar algumas vezes por ump’s com alguma utility e ak’s sem qualquer utitity… Mas é mesmo numa destas rondas de agressividade desmedida que conseguem meter a sua primeira ronda, entrando no jogo com um 7-1. O que é certo é que foi uma raridade, visto que a segunda ronda colocada por parte dos EYESHIELD acontece com um 11-2 e com alguma displicência por parte dos Defs acontece o 11-3… Há que sublinhar a dificuldade do mapa e alguma falta de sorte, porém foram arestas por limar que impediram uma melhor performance dos EYESHIELD a terroristas. Com 12-3 ao intervalo e com a pistol round a cair para o lado Defs, era uma questão de tempo para vermos o término da partida, que acontece com um 16-3.
Foi uma vitória que confirmou a qualidade de roster por parte dos Defining Stars, assim como a sua boa comunicação e entreajuda – com 4 pontos, encontram-se apenas a 1 ponto do 4º classificado – Hexagone – que na próxima jornada defrontam os Team AlienTech, equipa que só conhece o sabor da vitória. Os Defs, podem e devem aproveitar isso mesmo, sendo que jogam contra os Panthers na próxima quarta-feira às 19:20h na twitch da RTP Arena!