Vinda de uma vitória segura frente à FTW.PRO na jornada inaugural da Moche LPGO, a equipa dos Allientech Esports ganhou mais três pontos na passada segunda-feira frente a equipa dos Team Defining Stars, e, dessa forma, confirmar o seu favoritismo em vencer a Moche LPGO.

À partida para o primeiro mapa – Cobblestone, pick dos AlienTech Esports – estávamos perante duas equipas com rosters bem preenchidos a nível individual, mas com a AllienTech Esports com alguma vantagem a nível colectivo, sendo a equipa com mais tempo jogado e sem alterações a nível nacional. Seria de esperar um bom jogo de Counter-Strike.

Apesar dos Team Defining Stars ganharem a pistol round com boas balas por parte dos seus jogadores, como o português “Cunha”, a superioridade táctica e forma concisa com que os AllienTech Esports atacavam foi-se mostrando, tendo ganho assim a ronda de force e não só. Foi um começo de jogo explosivo, onde víamos headshots cá, headshots lá, mas faltou estaleca ao Defining Stars para encaixarem rondas em que se encontravam com vantagem e a darem espaço para as estrelas dos AllienTech Esports brilharem: um bom exemplo seria a sexta ronda, onde “obj” numa situação de pós-plant, sozinho para três Contra-Terroristas, a levar os dois primeiros de AWP, e a “chinar” o último CT que estava a “defusar” no meio de uma smoke. A Equipa dos Defining Stars conseguiriam vencer apenas mais duas rondas até ao intervalo, com um resultado de 12-3. Os Defining Stars viriam a não conseguir encaixar mais nenhuma ronda no seu lado Terrorista.

Tendo perdido o primeiro mapa por 16-3, a equipa dos Defining Stars ia jogar na sua pick – Overpass – a depender muito da forma de como entrassem no jogo a T. Viu-se “bloodz” a manter a compostura num pós-plant contra dois adversários e a conseguir ganhar a ronda em que fazem force, já que perderam a pistol round. Com “bloodz” sempre em destaque, os Defining Stars conseguem levar esta confiança até à sexta ronda, onde a bomba é “defusada”, havendo um 4-2 no marcador. A partir deste ponto, os AlienTech Esports viraram completamente o jogo e ganham as próximas 6 rondas devido a grandes prestações de “obj” e “Pizituh”. Até ao intervalo, alguns erros foram corrigidos por parte da Equipa que jogava a Terrorista, terminando assim a primeira parte com um 9-6 favorável aos AlienTech. Com os Defining Stars a precisarem dar algo extra, a verdade é que não deram, tendo quase copiado a performance muito fraca da segunda parte no Cobblestone, tendo apenas metido uma ronda em toda a segunda metade, numa mistura de erros individuais e superioridade e coesão táctica por parte da equipa dos AlienTech Esprots.

Com esta vitória, isolam-se como a única equipa que detém duas vitorias em dois jogos possíveis. Porém, será que a derrota na final do Famalicão Extreme Gaming CS:GO Cup no último fim-de-semana contra os Young Sharks vai ter repercussões a nível mental? O jogo da terceira jornada irá colocar os AlienTech Esports contra a equipa dos EYESHIELD que vem de um empate moralizante versus a Team Cubo, e portanto espera-se um embate em que se verá de um lado, uma Equipa que perde uma final, e de outra uma Equipa sem nada a perder com uma semana extra de preparação.
Será, com certeza, um jogo interessante de se observar! Não percam na próxima quarta-feira às 19:00 horas na twitch da RTP Arena!

 

Diogo “Safari Man” Baía